Principal / Esporte / Empate com o Assespe elimina o Taquariense do Regional

Empate com o Assespe elimina o Taquariense do Regional

Caiu de pé. Esta foi a avaliação da direção do Taquariense que, com o empate em 1 a 1 com o Assespe, em Venâncio Aires, no último domingo, foi eliminado do Regional Certel/Sicredi da categoria Titulares. O trio de arbitragem, que teria marcado um pênalti duvidoso e anulado um gol legal do alvi-azul, foi bastante contestada pelos dirigentes. Com a terceira colocação entre 20 clubes, o Taquariense encerrou a melhor campanha de sua história de um Regional da Associação de Ligas do Vale do Taquari (Aslivata).

A missão não era nada fácil. Vencer o Assespe na sua casa, com o apoio total de seu torcedor. Mas como já havia conseguido isso na primeira fase, o Taquariense foi confiante para o confronto que valia uma vaga na final do Regional. Mais uma vez, a ausência do meia e capitão Bruno Costa, responsável pela criação de jogadas, foi muito sentida pelo time. Mesmo assim, o alvi-azul comandou as ações no primeiro tempo e amassou o Assespe no seu campo. Nos primeiros 20 minutos foi uma verdadeira meia-liha, com o Taquariense todo no campo do Assespe e com os donos da casa somente se defendendo, jogando com o regulamento debaixo do braço, já que um empate lhe dava a classificação.
Aos dois minutos, Laurinho cruzou da direita, Jean antecipou à marcação e desviou de cabeça, rente à trave. Aos oito, Bruno Nunes recebeu bom passe, cortou a marcação e, já dentro da área, de perna esquerda, chutou forte, mas na rede pelo lado de fora. Depois, só deu Taquariense, com jogadas pelos lados e nas bolas paradas, que sempre levaram perigo à meta de Marvel.
O Taquariense controlava bem o Assespe e estava próximo do gol de abertura do placar, o que até conseguiu e o que faria toda a diferença no jogo, se não fosse um erro absurdo da arbitragem. Lunardo cobrou falta para a área, Buda apareceu livre e desviou para o gol, mas o auxiliar Mateus Leite marcou impedimento. Contudo, o ala Pastel estava ao lado da trave no momento da cobrança, na mesma linha do goleiro Marvel, portanto, impossível de ser impedimento. Mesmo com muita reclamação e empurra-empurra, o árbitro Ruggeri Fontoura aceitou a marcação do assistente e invalidou o gol.
O gol mal anulado desanimou o Taquariense, que perdeu um pouco do ímpeto que tinha até então. E assim, o Assespe conseguiu abrir o placar. Aos 43 minutos, Piló partiu na diagonal e, dentro da área, dividiu com Eninho, pênalti assinalado pela auxiliar Renata Schaeffer, já que o árbitro Ruggeri Fontoura nada havia marcado. Mesmo com muita reclamação, a infração foi confirmada. Na cobrança, Pastel, que voltava de lesão, chutou no meio do gol e abriu o placar, 1 a 0 Assespe.
Mas mostrando poder de reação, em seguida, aos 48 minutos, o Taquariense chegou ao empate. Lunardo cobrou falta para a área, o zagueiro Allan subiu mais do que os marcadores e cabeceou para o gol, 1 a 1, placar do primeiro tempo.

Segundo tempo de domínio do Taquariense e mais confusão

Na segunda etapa, o Taquariense continuou em cima, atrás do gol da vitória. Nos primeiros 15 minutos o goleiro Marvel fez duas grandes defesas, em arremates do volante Lucas e do atacante Buda. Principalmente nas bolas paradas, o Taquariense levou perigo a todo o instante, mas os zagueiros Rafa Reis e Delon conseguiram segurar a pressão.
ESPORTES - Regional Assespe x Taquariense ESCALAÇÃOO jogo encaminhava-se para o final, quando um pênalti polêmico paralisou a partida por cerca de sete  minutos.  Angolano, adiantado no campo de ataque, partiu em velocidade e, já dentro da área, cara a cara com Duda, dividiu com o goleiro e Anderson Brandão e o árbitro marcou pênalti. A confusão iniciou porque o Taquariense reclamou de impedimento no início da jogada, o que o auxiliar Mateus Leite não marcou, para indignação do alvi-azul. O assistente foi pressionado contra o alambrado pelos dois times e chegou a ser agredido por um torcedor do Assespe. O jogo ficou paralisado por quase 10 minutos, ninguém foi expulso e o pênalti foi confirmado. Na cobrança, Pastel bateu forte e Duda fez grande defesa, dando esperanças ao Taquariese.
Nos minutos finais, o Taquariense fez de tudo. Allan, para aproveitar a estatura, foi adiantado para o comando de ataque. Com outros três atacantes e Bruno Nunes por trás o Taquariense foi todo ataque, mas não conseguiu o segundo gol e o empate em 1 a 1 marcou a eliminação do clube do Regional.
Sobre a confusão e a agressão sofrida pelo auxiliar, a arbitragem havia confirmado para alguns jogadores que tudo seria citado em súmula. Porém, na última quarta-feira, a Aslivata divulgou a nota oficial da partida e, estranhamente, nenhuma linha sobre a confusão foi relatada. Inclusive, o Assespe, não perdeu nenhum ponto na disciplina.
Disputando o Regional Certel/Sicredi desde 2013, ausente apenas em 2016, em seis participações, esta foi a melhor campanha da história do Taquariense que, entre 20 clubes, encerrou com o terceiro lugar. Em 12 partidas, o alvi-azul obteve cinco vitórias, cinco empates e duas derrotas, marcou 20 gols, sendo o segundo melhor do Regional, atrás apenas do Canarinho, de Cruzeiro do Sul, que fez 26, e sofreu 15 gols. Os artilheiros do time foram Jean, com sete gols, o vice-goleador do Regional, atrás apenas de Tanque, do Boavistense, que fez oito, Buda, com cinco, e Bruno Costa, com quatro.
Volmir Roberto Donida, o Chico, presidente do Taquariense, avaliou a participação do clube no Regional como surpreendente e positiva. “A nossa campanha foi, de certa forma, surpreendente, porque tínhamos o projeto de rejuvenescer o elenco, subir alguns meninos da Aspirantes, e dar a eles experiência para que, daqui a duas ou três temporadas, disputássemos o título. E conseguimos chegar perto do título logo no primeiro ano. Foi muito gratificante e maravilhoso ver a resposta positiva de atletas como Pixena, Eninho, Andrei, Laurinho, Lucas, Hígor, Queniano, Patrick Labres, entre outros. Então, por tudo isso, achamos que o ano foi superpositivo. Esperamos que em 2020 consigamos seguir neste caminho, pois a ideia é continuar com este projeto de renovação.”

Boavistense também garante vaga em final inédita contra o Assespe

O adversário do Assespe na final do Regional Certel/Sicredi da categoria Titulares será o Boavistense, de Boa Vista do Sul, que, assim como o clube de Venâncio Aires, chega pela primeira vez a uma decisão de Regional.
O Boavistense garantiu a sua classificação para a final no último domingo, em Boa Vista do Sul, ao lado de seu torcedor. Como havia empatado em 0 a 0 o duelo de ida contra o Atlântico, em Estrela, o Boavistense entrou em campo no último domingo dependendo do empate, já que tinha a melhor campanha. Mas com gol do volante Paim, no início da partida, o Boavistense furou a melhor defesa entre os semifinalistas e venceu por 1 a 0, garantindo presença na final do certame contra o Assespe.
O duelo de ida da final acontece neste domingo, em Boa Vista do Sul, e a volta, no domingo, dia 1º de dezembro, em Linha Grão Pará, Venâncio Aires. Mas se o Assespe tem melhor disciplina e, por isso, tem o direito de fazer a volta em sua casa, o Boavistense tem melhor campanha e, por este motivo, tem a vantagem de jogar por dois empates.
Até aqui, em 12 jogos, o Boavistense obteve seis vitórias, quatro empates e duas derrotas, marcou 18 gols e sofreu 11. Os destaques do time são os atacantes Tanque, artilheiro do Regional, com oito gols, e Maiquinho, além do experiente volante Paim.
O Assespe, nos mesmos 12 jogos, tem cinco vitórias, quatro empates e três derrotas, duas delas para o Taquariense, na primeira fase. O ataque marcou 20 gols e a defesa sofreu 17. O artilheiro do time é o ala Pastel, com cinco gols, e os atacantes Angolano e Gabriel Puntel, ambos com quatro gols. Além dos três, outros destaques do Assespe são o volante Bocão, os meias Nissinho e Vini e o atacante Piló.

Foto: Especial/Ezequiel Neitzke/Grupo A Hora

Além disso, verifique

TRIUNFO: IBGE finaliza treinamento para recenseadores do Censo 2022 no município

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística iniciou na segunda-feira, dia 18, o treinamento dos ...

xu hướng thời trangPhunuso.vnshop giày nữgiày lười nữgiày thể thao nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcmphụ kiện thời trang giá rẻ