Principal / Geral / Número de casos de Covid-19 é o mais alto desde o início da pandemia

Número de casos de Covid-19 é o mais alto desde o início da pandemia

Taquari vive mais um momento crítico em relação ao coronavírus. Depois de iniciar a testagem em massa, na semana passada, da população que retornava do litoral e de quem teve contato com essas pessoas, o município atingiu o pico máximo de casos ativos desde o início da pandemia. No fim da tarde de ontem, eram 322 pacientes na lista. Antes dessa nova onda de contaminações, o maior número de casos simultâneos havia sido em 5 de janeiro de 2021, quando Taquari estava com 177 casos.

A diferença entre os dois momentos mais críticos da pandemia em Taquari está no número de internações hospitalares. Em 2021, ainda sem a vacina disponível para toda população e com altos números de casos ativos nos meses de janeiro e fevereiro, o setor de Covid-19 do Hospital São José chegou a ficar lotado, com 10 pacientes na UTI, três na emergência aguardando vaga na unidade e cinco em leitos clínicos. Atualmente, a casa de saúde registra 30% de ocupação na ala Covid-19 e nenhum paciente hospitalizado no setor clínico da doença. Na UTI, os pacientes são um homem de 82 anos, morador de Arroio do Meio, que está internado desde 3 de novembro e não chegou a fazer a terceira dose da vacina; uma mulher de 64 anos, de Estrela, hospitalizada desde 20 de dezembro, que não fez vacina contra a Covid-19; e um morador de Taquari, de 44 anos, internado na sexta-feira, 7 de janeiro, que também não fez vacina.
Em pronunciamento na tarde de ontem, o prefeito André Brito reforçou, mais uma vez, a necessidade de vacinação da população. “Estamos vivendo uma onda mais agressiva na contaminação, mas com menos danos à saúde. Não sobrecarregou o nosso sistema de saúde pública, pois a grande maioria está vacinada, com sintomas leves, mas isso não significa que não tenhamos que manter os cuidados, o uso de máscara e a higienização constante das mãos”, salientou o prefeito, que também descartou a possibilidade de fechamento do comércio local.
Até ontem, o município registrava 20.176 pessoas com aplicação de duas doses da vacina ou a dose única da Janssen. Em relação ao reforço, foram aplicadas 6.248 da Pfizer e 414 da Janssen.

Pessoas que positivaram para a doença não devem refazer teste

André Brito também ressaltou que as pessoas que testaram positivo para coronavírus não devem realizar novo exame. “A orientação é de que não façam testagem quase que diária para saber se estão ou não com o vírus. Quando fizer a testagem, não faça a repetição, pois estará prejudicando o sistema de saúde, porque já começam a faltar testes no mercado”, salientou o prefeito na tarde de ontem, quando a imprensa nacional repercutia a falta de testes em todo o país.

Vacinação para crianças começa na próxima quarta-feira

Hoje, deve chegar a primeira remessa da Pfizer para a nova etapa de vacinação no estado, que incluirá crianças de 5 a 11 anos. As doses devem ser encaminhadas aos municípios na próxima semana. Ainda não está definido o quantitativo que virá para Taquari, que deve chegar no início da próxima semana para que, na quarta-feira, inicie a aplicação.
O cronograma de imunização seguirá os moldes das etapas anteriores, com as primeiras aplicações destinadas ao grupo de comorbidades e imunossuprimidos e, posteriormente, por idade. Assim que for conhecido o quantitativo de doses encaminhadas a Taquari, serão divulgados os detalhes do primeiro grupo a ser vacinado e o posto que fará a aplicação.

Bruno Born suspende visitação

Ontem, o Hospital Bruno Born, de Lajeado, emitiu comunicado suspendendo todas as visitas a pacientes internados. “Está autorizada a troca de acompanhante uma vez por turno (das 6h às 20h); o Centro Obstétrico autorizará a presença de apenas um acompanhante; para pacientes com sintomas gripais, a entrada será pelo atendimento 24 Horas e, para pacientes sem sintomas gripais, o ingresso ocorrerá pela Central de Visitantes”, informou a direção do HBB.

Hospital São José orienta visitantes

O diretor técnico do Hospital São José, Edmundo Navarro, informou, na tarde de ontem, que nesse momento as visitas seguem em horários preestabelecidos, sendo um familiar por vez no quarto. “Na portaria, é orientado que, se o familiar teve contato com Covid nos últimos dias ou está com sintomas gripais no momento, não será permitida entrada para evitar o contágio aos doentes internados”, relatou.

Estado não emite novos decretos

O Gabinete de Crise do governo Estadual reuniu-se duas vezes nesta semana, no entanto, não foram emitidos novos decretos com medidas mais restritivas para conter o coronavírus. As definições foram de envio de avisos a todas as 21 regiões Covid do Rio Grande do Sul e encaminhamento de ofício ao Ministério da Saúde, solicitando a manutenção do custeio dos leitos clínicos e de UTI para o tratamento da Covid-19 no estado. “Para evitar o colapso no sentido da falta de leitos, pois o ministério anunciou, em dezembro, que deixará de custear os leitos Covid a partir de 1º de fevereiro”, informou o governo Estadual. Atualmente, há 603 pacientes hospitalizados com Covid-19 no estado. Em 2 de janeiro, eram 297. Nos últimos sete dias, a média semanal de casos confirmados no Rio Grande do Sul também cresceu, passando de 81,9 para 411,5 a cada 100 mil habitantes.

Além disso, verifique

Maior parte da iluminação pública será substituída por tecnologia LED

Nesta semana, a administração municipal assinou contrato com a empresa Rosa Sul Locadora de Veículos ...

xu hướng thời trangPhunuso.vnshop giày nữgiày lười nữgiày thể thao nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcmphụ kiện thời trang giá rẻ