Principal / Geral / Madeireira Emanuel mantém o tradicional atendimento no balcão
GERAL - Madeireira Emanuel a

Madeireira Emanuel mantém o tradicional atendimento no balcão

A Madeireira Emmanuel, com 20 anos de atividade, mantém um formato de atendimento pouco comum nos dias atuais. Em uma casa adaptada para loja, localizada na rua 7 de Setembro, os clientes são recebidos no balcão. “Damos atenção cliente por cliente para entender o que querem e poder fazer a negociação”, diz o proprietário, José Roberto Lopes de Vargas, 41 anos.

A atividade de venda de materiais de construção no espaço de 450m² (e terreno de 750m²) iniciou em 1998 dando sequência à empresa Castoldi Materiais de Construção, de propriedade de Nestor Castoldi, que estava instalada no local. Naquela época, o empresário ofereceu a loja para Roberto, que se interessou e convidou seu pai João Lopes de Vargas e Renê D’Ávila Marques (o Tio Nei), que tinham trabalhado na loja em anos anteriores. “Iniciamos, como todas as empresas, com muita dificuldade e muito trabalho, sem ter recursos, só com a coragem”, comenta Roberto. Mesmo com o trabalho na loja de Castoldi, os sócios tinham pouco tempo de experiência. João, aposentado como industriário, tinha trabalhado dois meses na área do estoque; José Roberto, no setor de compras e notas auxiliando Nestor e o Nei, no atendimento. “Então nos juntamos para iniciar a empresa e tocar”.
No início da empresa em tempos de grandes dificuldade, o empresário lembra de quando as entregas de materiais de construção eram realizadas em uma caminhonete Ford Rural, ano 1969, em precárias condições. “Mas logo compramos um caminhãozinho”, recorda.
Os sócios tocaram a empresa por cerca de 15 anos, comercializando materiais de construção desde a etapa de alicerce, ferragens até os acabamentos. Há cinco anos eles decidiram desfazer a sociedade, permanecendo juntos Roberto e seu pai. “Chegou num certo ponto que cada um foi tocar a sua empresa”, conta. Em 2018, Roberto assumiu sozinho o comando porque seu pai optou por se afastar da administração.
Analisando a trajetória da empresa, Roberto lembra dos diversos desafios pelos quais passaram. “Por várias épocas tivemos dificuldades, conseguimos dar a volta por cima e recomeçar. Foram vários recomeços, como a situação da empresa com sociedade, e a crise econômica, que deu uma queda muito grande. E para esse ano vai ser mais uma porque vamos fazer investimento na sede. Mas estamos bem contentes e felizes tentando melhorar a empresa”, adianta. O empresário adquiriu o terreno localizado ao lado da loja, onde deverá fazer a sede própria, que deverá estar pronta até 2021. “O projeto é deixar para as próximas gerações e espero que queiram tocar”, diz Roberto.
Também para o futuro o plano é o de aumentar o mix de produtos e a motivação para investir, diz Roberto, vem dos clientes. “Somos uma loja de bairro no Centro. A clientela da vizinhança é fiel e nos mantém, o que anima a continuar com a empresa”, aponta. Hoje são sete funcionários, incluindo os pais de Roberto que ajudam na atividade. “Estamos em uma cidade de interior, uma comunidade onde todos se conhecem e é muito mais fácil de trabalhar do que em grandes centros. A gente consegue negociar, e se organizar e enxugar a empresa para trabalhar”.
A empresa está localizada no bairro Centro, em uma das principais ruas do município, no entanto, fora da concentração do comercial. O empresário conta que chegou a analisar a possibilidade de mudar de endereço, mas decidiu continuar onde está. “Num certo momento chegamos a pensar em fazer o investimento na região mais central, mas temos uma clientela muito fiel e existe um vínculo que nos fez ver que a aqui é o nosso local. Já conseguimos nos manter até hoje aqui para que aventurar num novo local, começar um ponto novo? Aqui temos uma loja de bairro com uma expansão em toda a região, com clientes das localidades de Rincão, Mariante e do outro lado do rio (General Câmara)”, destaca. Além disso, há a vantagem da facilidade de estacionar, o que pode ser um diferencial atualmente. “Temos acesso fácil de estacionamento e para chegar até aqui com trânsito tranquilo, além da cultura do atendimento em balcão”, completa Roberto.

Além disso, verifique

GERAL - Adama

Começa a terraplanagem para construção da fábrica da Adama

A construção da nova fábrica da Adama já começou e reflete em movimentação na economia ...

Instagram

xu hướng thời trangPhunuso.vnshop giày nữgiày lười nữgiày thể thao nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcmphụ kiện thời trang giá rẻ